Gestão do Tempo

Como dizer não com elegância

Você está cheio de coisas para fazer. Mal tem tempo para realizar as tarefas que te empolgam e lidar com as obrigações do dia a dia, quando alguém te pede um favor que você não queria fazer.

Ou te chama para um evento em um dia que você não poderia participar. Ou te oferece um trabalho que não é exatamente o que você gosta, mas paga bem. Nessas horas, você fica tentado a dizer sim. Lá no fundo você quer dizer “não”, mas não tem coragem. Acha que é falta de educação, grosseiro ou simplesmente tem vergonha.

Dizer “não” é questão de prática. A primeira coisa é entender que você não precisa fazer tudo que todos te pedem, pois isso pode prejudicar seu tempo, sua saúde mental e te impedir de realizar as coisas que mais deseja.

As pessoas mais bem-sucedidas são ótimas em dizer “não”. Por isso, aqui vão algumas formas de dizer “não” de forma elegante e que irão te ajudar nesse processo:

Termine com um agradecimento: “no momento eu não posso, mas obrigada por se lembrar de mim” – parece simples, mas esse agradecimento (desde que genuíno) ameniza o clima da conversa e deixa uma abertura para convites futuros.

Ofereça uma segunda opção: “nessa data eu não consigo, mas no sábado seguinte é uma boa opção. Fica bom para você?”. Oferecer outras opções faz com que você fique no controle da agenda e ainda mantenha o convite aberto (obs: só use essa opção se o “não” não for definitivo).

Admita que aquilo não tem a ver com você: “eu achei interessante a ideia, mas penso que não se encaixa no meu perfil”. Depois que você tem clareza de quais projetos combinam ou não com seu propósito, esse tipo de “não” é libertador.

Indique alguém que pode fazer em seu lugar: “eu não estou mais atuando com esse tipo de serviço, mas tenho um bom profissional para te indicar”. É uma ótima estratégia ter profissionais de sua confiança para indicar para trabalhos que você não quer ou não gosta de fazer. Só garanta que seja uma indicação de qualidade e que o profissional saiba que está sendo indicado.

Não. E ponto final. O “não” demanda justificativa. A verdade é que você não precisa se explicar.

Tente se libertar de todos os mitos e dificuldades de dizer “não”. Te garanto que você irá ganhar mais produtividade, tranquilidade e energia para se dedicar ao que realmente importante. Depois que começar, você não vai mais querer parar!

Co-fundadora e diretora da Sempreende. PhD researcher (UnB) em Ensino de Empreendedorismo. Mestre em Empreendedorismo e Inovação pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Pós-graduada em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Facilitadora certificada da metodologia Lego® Serious Play®. Experiência de mercado como empreendedora no ramo de alimentação e consultora na Shell Brasil. Revisora da Revista de Empreendedorismo e Gestão de Pequenas Empresas. Consultora e facilitadora de programas de Empreendedorismo no Centro de Empreendedorismo e Incubação da UFG (CEI/UFG), Incubadora 3D (Prefeitura de Aparecida de Goiânia), Aldeia Incubadora (Uni-Anhanguera), UnIncubadora (UniEvangélica), Proin (UEG), Incubadora Athenas (UFG/Catalão), Incubadora Beetech (UFG/Jataí) e PUC Incubadora (PUC/GO). Já capacitou professores para o Empreendedorismo no Senac-GO, Senai-GO, UFG, Uni-Anhanguera e UniEvangélica.

0 comentário em “Como dizer não com elegância

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: