Design Thinking

Um ponto de ônibus em um lugar que não passa ônibus. Uma ideia genial!

Um dos princípios do Design Thinking é a empatia, ou seja, se colocar no lugar do outro para resolver os problemas da melhor forma possível. Ser empático pode nos levar a soluções simples, humanas, eficazes e que fogem do óbvio. Em outras palavras, pode ajudar a chegar a soluções mais criativas do que aquelas tomadas sem que saiamos de dentro do escritório.

Há alguns anos, os gestores do Benrath Senior Centre, uma espécie de asilo em Dusseldorf, na Alemanha, estava enfrentando um sério problema. Como se sabe, portadores de Alzheimer sofrem de falhas de memória de curso prazo e, às vezes, acreditam que são mais jovens ou estão em outra fase da vida. Por isso, de tempos em tempos, idosos portadores de Alzheimer no asilo acreditavam que estivessem fora de casa e que precisavam voltar a seus lares. Para isso, fugiam do local para ir até suas casas, o que precisava ser resolvido com urgência pelos diretores do asilo.

Soluções tradicionais para evitar que os idosos fugissem do centro envolveriam trancá-los em seus quartos, dopá-los, colocar seguranças em cada porta de saída, entre outras. A maioria dessas atitudes causaria desconforto nos idosos, que já estão em situação de vulnerabilidade. Imagine você acreditar que tem 20 anos, está em um lugar desconhecido, precisa voltar para casa por qualquer motivo e um estranho te proíbe de fazer isso ou, pior ainda, te enfia uma injeção?

Para resolver o problema, ao invés de ir pelo caminho comum, óbvio e nada empático, os gestores do Benrath Senior Centre utilizaram ferramentas do Design Thinking. A partir da observação do comportamento dos fujões, foi percebido que os idosos saíam do asilo e iam até algum ponto de ônibus nas redondezas afim de voltarem para suas “casas”. Os funcionários do asilo os encontravam, ou no caminho ou na parada de ônibus, e os convenciam de voltar para a casa de repouso.

A solução encontrada foi simples, econômica e inesperada. Como os idosos sempre buscavam o transporte coletivo para a fuga, os gestores montaram um ponto de ônibus dentro do asilo! Assim, os idosos que saíam de dentro do prédio continuariam em um local seguro, dentro dos cuidados necessários. Após um tempo esperando o ônibus (que nunca chegaria), eles retomavam a consciência de que ali era a casa deles e retornavam ou, em algumas situações, um enfermeiro os encaminhava de volta para dentro do prédio.

Esse ponto de ônibus, apesar de falso, foi a forma encontrada de tratar os pacientes com respeito, uma vez que não precisariam ficar presos ou tomar remédios para não escaparem. A equipe médica também foi favorecida, já que não seria mais necessário que se mobilizassem para procurar pacientes desaparecidos fora do asilo. Com o Design Thinking, o Benrath Senior Centre encontrou uma forma mais humanizada de lidar com sua comunidade, levando benefícios para todos os envolvidos. Na solução de qualquer problema, é importante se colocar no lugar do usuário, conhecer suas dores e, a partir disso, gerar o maior número possível de ideias para que se chegue em uma solução ideal. Essa é a base do Design Thinking. Isso favorece as inovações sensacionais.

Co-Fundador da Sempreende. PhD researcher (USP) em Marketing de Serviços. Mestre em Empreendedorismo e Inovação pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Pós-graduado em educação para adultos. Revisor da Revista de Administração e Inovação e da Revista de Empreendedorismo e Gestão de Pequenas Empresas. Tem experiência na coordenação de eventos relacionados a Empreendedorismo e Inovação em universidades. É autor de diversos artigos científicos publicados nas áreas de Marketing e Empreendedorismo. Por dois anos, atuou como professor de cursos de graduação na UFG, tais como Administração, Ciências Contábeis e Engenharias. Já ministrou módulos de Marketing e foi orientador de TCCs em cursos de pós-graduação da UFG.

1 comentário em “Um ponto de ônibus em um lugar que não passa ônibus. Uma ideia genial!

  1. Pingback: Como melhorar o desempenho das redes sociais utilizando o Design Thinking – Blog da Sempreende

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: